O lobo que existe dentro dele



Cego com a luz do seus olhos ardendo em chamas me devorando. Faminto, aguardando o momento do ataque, enquanto observo sua sombra espreitando atrás das portas.

Reconheço a marca na sua pele agora destacada pela luz alva da lua brilhando na sua pele enquanto ele sorrateiramente caminha pela casa farejando sendo orientado pelo odor do meu desejo.

Apenas uma silhueta negra na calada de mais uma noite vadia que, mesmo agitada e ansiosa, hesita, espreita, respira, transpira. Mesmo assim, selvagem, não perde sua elegância enquanto desliza suavemente pelo corredor.







Conheço esse olhar... consigo entendê-lo pela fome estampada em seus olhos. Atrás destes olhos, leio sua mente, sei o que ele busca, posso ler sua alma sanguinária.

O barulho dos seus passos é assustador, excitante, mas não temo. Sou loba, sou devoradora, mas  agora sou apenas uma predadora no papel da caça vulnerável e frágil incapaz de correr ou se defender.

Mas eu nunca vi assim antes, afoito, tenso, assustador. Chega cauteloso e me devora aos poucos, me consome devagar e intensamente como se fosse a última vez. Me engole pelas entranhas e suga até minha última gota. Parece profundamente triste e feliz.

E da mesma forma que chega ele se vai, deixando-me eternamente presa a ele enquanto ele parece profundamente livre... 

E é... no corpo de um lobo...




fonte: foto "Mike" (publicado originalmente em 15/12/2010)

Os comentários estão fechados para todos os posts deste blog.

Publicidade

Época Cosméticos_Beauty OFF

Publicidade

Últimas publicações

Publicidade

Leia também

Minhas contribuições em outras publicações

Tecnologia do Blogger.

Facebook

Meu Spotify (Vida de DJ)

Publicidade

Publicidade

Estatísticas

DMCA.com Protection Status

I heart FeedBurner