Meu dia de "hacker"



Já mencionei  em diversos locais que sou internauta desde meados de 1997 onde eu "chateava" via BBS e que tinha uma vida aparentemente normal até o início de 1999. Era casada, trabalhava em uma grande empresa de telecomunicações em São Paulo e meu marido pertencia à Diretoria de um banco internacional. Assim como meu ele, sempre fui workholic, provavelmente eu mais do que ele pois eu o levei a esse caminho. Talvez este tenha sido um dos motivos de nossos maiores problemas conjugais. Nessa época a internet era mais do que diversão e amor à tecnologia, era uma fuga. Acabei me envolvendo demais com o mundo virtual, fiz amigos e inimigos.

 

O primeiro amor, a primeira dor.



Quase sempre a vida nos prega peças, mas e quando as pessoas nas quais confiamos nos pregam essa peças. E quando essas pessoas que tanto amamos traem nosso confiança? E quando essas pessoas que tanto amamos perdem a confiança em nós? Esse é um capítulo de amor, de lealdade, de confiança, de mentiras, de armações e de decepções. É sobre limites humanos e sobre injustiças. É um capítulo da descoberta do amor e da dor. Um capítulo cuja personagem se lembra dele até hoje, detalhe por detalhe, e ainda vê as cenas, as roupas, os rostos e os gestos. Um capítulo para jamais ser esquecido. Parece cenas de filmes de Sessão da Tarde, mas foi mais real do que as pessoas posam imaginar, assim como todo o leque de sentimentos envolvidos. É clichê como toda história bonita com final infeliz. É longa e simples como aconteceu.

 

Publicidade

Época Cosméticos_Beauty OFF

Publicidade

Últimas publicações

Publicidade

Leia também

Minhas contribuições em outras publicações

Tecnologia do Blogger.

Facebook

Meu Spotify (Vida de DJ)

Publicidade

Publicidade

Estatísticas

DMCA.com Protection Status

I heart FeedBurner