Quando você se expõe, você corre riscos



Você acessa as redes sociais e todo dia tem alguma vítima que teve suas imagens privadas publicadas. Você lê ou assiste aos jornais e quase diariamente tem alguém que não aguentou a pressão de um bullying e cometeu suicídio. Você assiste aos debates e é sempre aquela discussão sobre superexposição e até onde vão seus direitos e até onde é crime devassar a privacidade alheia. Então eu percebo que todos os dias são as mesmas pessoas "chovendo no molhado"...
 





Vamos partir da seguinte premissa: se você se expõe, você assume que corre riscos

Eu não acho uma mulher que saia seminua na rua mereça ser estuprada e eu não acho que mesmo que outra menina se exiba sexualmente para estranhos na webcam mereça que suas imagens sejam publicadas na internet. 

Eu gosto muito de usar o exemplo da sua casa: quando você sai e deixa a porta da sua casa aberta ou destrancada, isso não concede o direito a alguém de invadi-la, mas você não apenas não impede que isso aconteça como você facilita. Existe uma lei para isso e o invasor comete um crime e, se descoberto e encontrado, será punido por isso. Acontece que o invasor sabe que ele é um criminoso. Porém, a probabilidade dele ser pego ou não é a mesma. E com a morosidade do nosso sistema judiciário e com as dificuldades de investigação, as probabilidades dele não ser punido pelo seu crime aumentam drasticamente. Você tem que ter em mente que a existência de leis não impede que as pessoas cometam crimes. E mesmo que você justifique que no mundo ideal as pessoas deveriam respeitar as leis, eu te desafio e respondo dizendo que no mundo ideal nem haveria a necessidade de existirem leis para punirem crimes. Este é o ponto.

A primeira coisa que você precisa saber, e eu sei que você já sabe disso, é que no mundo há pessoas doentes, com sérios transtornos mentais, criminosos, pessoas de meu caráter,  desprovidos de qualquer senso de moral, ética e respeito. Para essas pessoas não há lei que as impeçam de cometer contravenções ou crimes, então de nada adianta leis e mais leis serem criadas com a ilusão de que os crimes serão impedidos. Aliás, já temos leis o suficiente que podem atender à diversas situações, mesmo aquelas ocorridas em ambientes virtuais.

Você tem que saber que o fato de você sair à rua seminua, inevitavelmente, irá provocar os piores instintos dessas pessoas citadas anteriormente e que, para elas, não existe lei maior do que seu instinto de cometer um erro, uma contravenção ou um crime. 

Você tem que saber que se você expõe sua intimidade a um estanho ou a uma pessoa com quem tenha um relacionamento duradouro e forte, inevitavelmente, poderá ter sua privacidade devassada para o mundo todo por essas pessoas citadas anteriormente e que para elas, não existe lei maior do que seu instinto ou desejo de cometer uma vingança, um erro, uma contravenção ou um crime.

Em um mundo ideal as pessoas deveriam ser educadas a não cometerem qualquer ato que possa prejudicar alguém. A não estuprar, não matar, não cometer qualquer ato que possa prejudicar a imagem de uma pessoa ou que possa feri-la emocional, psicológica ou fisicamente. Mas no mundo ideal também não deveriam existir leis que punam as pessoas que cometam estes atos.

Percebem como esse discurso não funciona?

Vocês podem me entupir de discursos feministas de que o homem não tem o direito de fazer isso ou aquilo, concordo, mas eu acredito que somente uma parcela do mundo possa sofrer uma grande transformação com a educação, exceto os doentes, com sérios transtornos mentais, criminosos, pessoas de meu caráter,  desprovidos de qualquer senso de moral, ética e respeito. 

Vocês podem criar leis e mais leis cada vez mais punitivas e rígidas, porém não mudarão o comportamento das pessoas  doentes, com sérios transtornos mentais, criminosos, pessoas de meu caráter,  desprovidos de qualquer senso de moral, ética e respeito.

Estou sendo repetitiva justamente para que você perceba que quanto mais dermos voltas e mais voltas sobre o assunto, acabaremos retornando ao mesmo ponto inicial. Não adianta, é utopia.

Então, por que deixar a porta de casa aberta? Quando você se expõe, indubitavelmente, você corre riscos, baby, é a lei da vida e funciona assim para todos, até os irracionais sabem disso.








Os comentários estão fechados para todos os posts deste blog.

Publicidade

Época Cosméticos_Beauty OFF

Publicidade

Últimas publicações

Publicidade

Leia também

Minhas contribuições em outras publicações

Tecnologia do Blogger.

Facebook

Meu Spotify (Vida de DJ)

Publicidade

Publicidade

Estatísticas

DMCA.com Protection Status

I heart FeedBurner